Razer Deathstalker

Razer-Deathstalker
8.7 Overall Score
Construção : 9/10
Preço: 8/10
Performance: 9/10

Versátil. | Boa Construção. | Design. | Teclas com Retro Iluminação.

Preço. | Ausência de teclas mecânicas.

Untitled-2

Introdução

Todos os que gostam de jogar ou simplesmente de um periférico  funcional e com bom look de certeza que já ouviram falar da Razer. Eles são uma das maiores se não a maior marca de periféricos gaming do mundo.

Se tens em vista renovar o teu teclado não deixes de dar uma vista de olhos a esta review onde vamos por a prova o Razer Deathstalker. Este teclado é o irmão mais novo do bastante conhecido Razer Deathstalker Ultimate.

Embalagem

Como não poderia deixar de ser um bom produto necessita uma boa embalagem para que o seu transporte não ponha em causa a sua qualidade. A embalagem do Razer  Deathstalker é um bom exemplo disso.

Como imagem de marca da marca, as cores predominantes são o verde e o preto. Na frente está uma imagem do Deathstalker e são mencionadas algumas das suas principais características.

IMG_2633_Tugareviews_Razer

Na traseira da embalagem estão especificadas em 10 línguas as características deste teclado e também outras informações como tamanho e peso.

IMG_2637_Tugareviews_Razer

Continuando com abertura da caixa podemos presenciar como o teclado vem bem acondicionado. Ainda temos um guia de iniciação rápida, um guia de utilização mais detalhado e alguns autocolantes com símbolo da marca.

IMG_2642_Tugareviews_Razer

Especificações

  • Teclado estilo “Chiclet”
  • Teclas com retro iluminação led verde
  • Taxa actualização 1ms
  • Teclas totalmente programáveis com possibilidade de gravação macro
  • Compativel com Razer Synapse 2.0
  • Modo de jogo especifico
  • Anti-ghosting até 10 teclas pressionadas em simultâneo
  • Apoio pulso fixo
  • Tamanho aproximado 460 x 214 x 16,5mm
  • Peso aproximado 1,086kg

Produto

Como já vimos anteriormente este teclado é o irmão mais novo do bastante conhecido Razer Deathstalker Ultimate.

IMG_2688_Tugareviews_Razer

O layout deste teclado é como se pode ver na imagem é US.
Na linha superior de teclas como habitual estão as teclas F1-F12 que ganham outra utilização com a ajuda da tecla função(FN) que se encontra a direita da barra de espaços.
Nos dois primeiros grupos de teclas estas podem também ser usadas como teclas multimédia.

IMG_2707_Tugareviews_Razer

No terceiro grupo está uma tecla que possibilita a gravação de macros, de seguida outra que permite activar o modo gaming que podem ver na secção do software e duas teclas para modificação da intensidade da iluminação.

IMG_2704_Tugareviews_Razer

IMG_2671_Tugareviews_Razer

No canto superior à direita estão os usuais leds que identificam a activação de Caps, Num e Scroll. Mas também para uma melhor identificação temos um led para quando é activado o modo gaming e quando a gravação de macros está activa.

IMG_2649_Tugareviews_Razer

Na parte inferior a Razer inteligentemente colocou um apoio para pulso que torna a utilização prolongada deste teclado bastante confortável. Este ultimo tem um acabamento que faz sobressair entre outros produtos da mesma gama.

IMG_2662_Tugareviews_Razer IMG_2655_Tugareviews_Razer

Um dos mais importantes aspectos de uma teclado é a eficácia das suas teclas. Não estando perante um teclado mecânico não quer dizer que pare já de ler esta review e começe a procurar um outro produto. Estamos perante um teclado estilo “chiclet” que recebeu o nome devido ao formato das suas teclas, e que como podemos ver na imagem acima as teclas são de baixo perfil o que permite uma distancia de activação curta e que favorece bastante o seu desempenho.

IMG_2678_Tugareviews_Razer

Na traseira temos os habituais ajustadores de altura para uma questão de ergonomia/conforto durante a utilização.

IMG_2684_Tugareviews_Razer

Para finalizar uma imagem do teclado com a iluminação activa.

 

Software

Como em qualquer produto Razer, o utilizador tem a disposição o Razer Synapse que serve para adaptar o produto permitindo assim optimizar a sua utilização.
Com o simples processo de criar um utilizador através de uma conta de e-mail temos acesso num computador em qualquer lugar.

A sua interface é bastante simples, e para quem nunca usou software deste tipo a Razer disponibiliza um guia que explica tudo o que podemos fazer no Synapse.

Sem Título

No ecrã principal temos o menu à esquerda que nos permite criar/apagar/importar ou exportar um perfil. É possível atribuir um  combinação de teclas de modo a que não seja necessário abrir o Synapse para mudar o perfil pretendido, usando a tecla Fn+ 1-9 conforme o predefinido pelo utilizador. Para os mais preguiçosos ainda há a opção de interligar um determinado perfil a um programa de  modo a que este seja activado automaticamente sempre que o programa seja aberto.

1257

Como nem todos os utilizadores usam as mesmas configurações/programas a Razer disponibiliza um vasto leque de opções para quem pretender alterar a função de cada tecla.
Desde desactivar a própria tecla até associar-lhe uma macro, passando por uma mais simples finalidade como funcionar como tecla multimédia ou ate um ou mais cliques de rato.

4527 785965

Nos separador seguinte podemos alterar as definições de iluminação do teclado. Na imagem à direita podemos ver a aba onde é possível activar/desactivar o modo gaming. Este modo não é nada mais nada menos do que uma opção à disposição do utilizador, que quando activada pode desactivar ou não a tecla windows e as combinações de Alt+f4 e Alt+Tab.

8695

No segundo menu principal com o nome de “Macros” podem ser criadas sequências de teclas pressionadas ou mesmo ate cliques do rato.
Ao contrario do que pode parecer criar uma macro é tao simples como clicar no botão + para nova macro e definir se pretende gravar o atraso de cliques ao teclas pressionadas, definir o atraso manualmente ou mesmo sem atraso. Depois disto basta clicar em “Record” e é só “usar” o teclado/rato como o que pretendido que a macro faça apenas com o pressionar de uma tecla.

1258

8695

Depois da macro criada, pode ainda ser alterada usando os 4 botões acima da lista de ações.
O botão mais a esquerda permite alterar o atraso, com o botão seguinte podemos apagar qualquer uma das linhas e os dois últimos servem para mudar a posição de todas as linhas de comandos.

Conclusão

Para concluir podemos afirmar que estamos perante um bom produto.
Bom look, grande capacidade de personalização, bastante robusto, software de fácil utilização e com a possibilidade de levar as suas configurações para onde quiser.Também tem os seus senãos como o layout que é US mas que é de facil habituação depois de algum tempo de uso.

O preço também está na lista de contras, no mercado português podemos adquirir este teclado por um preço a rondar os 75€ o que em comparação com outros teclados não mecânicos é um pouco caro.

Tugareviews_Prata

SHARE THIS POST

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Google Buzz
  • Digg
Author: TexBruno View all posts by
A curiosidade começou quando o primeiro computador veio que como fazer crescer a vontade de entrar naquele mundo e descobrir tudo o que o fazia funcionar. Os meus principais interesses estão na área do modding/cooling e overclocking. Posso dizer que sou um aficionado. Espero que que o meu contributo seja elucidativo e que as reviews ajudem o tomar a decisão correcta na altura da compra de qualquer equipamento.

Gostas de nós?

Se gostas do nosso trabalho faz like!

UA-33743142-1 UA-47134848-1